Paralisia Facial

Paralisia total de todos, ou alguns, músculos da expressão facial.

Get it on Google Play

Cirurgia para a Paralisia Facial

O nervo facial (7º nervo craniano) é responsável pelo movimento e controlo da função muscular facial. A disfunção do nervo pode resultar na paralisia facial (paralisia facial). Normalmente ocorre somente num lado da face, o que pode causar inúmeros problemas oculares, cutâneos, e musculares. A cirurgia especializada visa restaurar tanto a função como o aspeto.

Existem vários sintomas duma paralisia facial duradoura: por exemplo, a testa, no lado paralisado da face, é incapaz de levantar a sobrancelha, fazendo com que haja a descida da sobrancelha e dos tecidos moles (ptose). Embora a pálpebra dos olhos consiga abrir, pode ter dificuldade em fechar-se, o que leva a uma exposição prolongada ocular (secura da córnea). O rosto e a boca também podem descair, resultando que a pessoa tenha problemas em se alimentar e beber (incompetência oral), e seja incapaz de sorrir do lado afetado.

Dependendo da extensão e duração da paralisia, existem diversos procedimentos dinâmicos e estáticos que poderão ser empregues para aliviar estes problemas.

##Reconstrução Dinâmica / reanimação facial

Na paralisia facial de longa duração (>18 meses), os músculos ficam atrofiados por falta de estímulos nervosos, e não conseguem recuperar a sua função. Para restabelecer os movimentos faciais voluntários (um sorriso simétrico), o músculo viável deve ser transplantado para o lado paralisado da face. Neste procedimento é conhecido como “reanimação facial” ou “reconstrução dinâmica” são retirados nervos e músculos da perna/corpo, e são recolocados para a área paralisada. O procedimento (realizado em duas etapas) foi criado para permitir que os nervos saudáveis, ​​do lado que não está paralisado, consigam controlar os músculos transplantados no lado paralisado (enxerto de nervo cruzado contralateral). Nalguns casos, a paralisia facial pode afetar ambos os lados da face (síndrome de Moebius), o que requer regimes de tratamento ainda mais especializados.

##Reconstrução estática

Diversos procedimentos cirúrgicos com o objetivo de resolver problemas específicos, como o estreitamento da comissura oral, lifting da sobrancelha, e cirurgia à pálpebra (implantação de pesos de platina ou pesos de ouro na pálpebra superior e estreitamento da pálpebra inferior), oferecem melhorias temporárias a melhorias de longa duração, como procedimentos isolados ou combinados. A escolha do procedimento é complexa, e exige uma análise e discussão.

##Candidatos para a cirurgia de paralisia facial

Os procedimentos dinâmicos exigem que os pacientes sejam pessoas jovens a pessoas meia-idade e com boa saúde, que estejam motivados a passar por cirurgias repetidas e uma reeducação / reabilitação facial longa. Para uma criança com paralisia facial congênita, a melhor idade para tratar este problema é aos 5-6 anos. Geralmente, não é necessário efetuar uma cirurgia precoce, a menos que a exposição ocular seja um problema, caso em que a cirurgia pode ser efetuada em qualquer idade. Os procedimentos estáticos podem oferecer melhorias imediatas para a maioria dos pacientes com paralisia facial, independentemente da sua idade.

##Os tratamentos recomendados incluem

###Reanimação facial (cirurgia ao sorriso)

Procedimentos estáticos

Procedimentos oculoplásticos



Baixe nosso aplicativo no Google Play:

Get it on Google Play

23 November 2015